Viagens a Negócio ou a Passeio

Transporte de pessoas para qualquer lugar do pais, partindo ou vindo para São Paulo. Consulte a disponibilidade…

Viagens para o Litoral de São Paulo e Rio de Janeiro
Viagens para o Interior de São Paulo
Viagens a Negócios, laser, com a família ou outras necessidades.

Aguas de Lindóia

AGUAS DE LINDÓIA – INTERIOR DE SÃO PAULO

está a 180 km de São Paulo, 8 km antes da divisa com Minas Gerais, mas as paisagens são de outro mundo – principalmente do alto do Morro Pelado, de onde a vista alcança 100 km de montanhas cobertas por vegetação. Aliás, Águas de Lindóia conseguiu a façanha de dobrar sua área verde nos últimos anos. As águas minerais que dizem ter ido à Lua em 1969 continuam ótimas, mas Águas de Lindóia está de “cara nova”, como percebeu a Revista Veja São Paulo, recentemente. Águas de Lindóia ganhou os atrativos do turismo rural.

Ilha Bela

ILHA BELA – INTERIOR DE SÃO PAULO

Maior ilha no litoral do Brasil e, literalmente, uma “bela ilha”, Ilhabela oferece ao visitante cerca de 40 km de praias inexploradas e uma paisagem típica de floresta tropical, com trilhas para caminhadas, cachoeiras e até uma nascente. A 207 km da cidade de São Paulo, Ilhabela pode ficar lotada, por isso tente pegar praia durante a semana.





Cidade de São Paulo

PONTOS TURÍSTICOS NA CIDADE DE SÃO PAULO

A maior cidade da América Latina é uma grande mescla de estilos e cultura, São Pauloabriga pessoas de mais de 70 nacionalidades e toda essa diversidade pode ser conferida em diversos bairros da capital. Além das diversas construções históricas, parques e galerias, São Paulo é um grande centro de entretenimento com diversas atrações: são mais de 280 salas de cinema, 180 teatros, mais de 90 centros culturais e 110 museus, além de inúmeras casas noturnas que ajudam a deixar a noite paulistana ainda mais agitada.

No centro da cidade, arranhas céus como o Edifício Altino Arantes (Banespão) e o Edifício Martinelli oferecem em visitas guiadas uma bela visão da cidade de São Paulo. O fabuloso Theatro Municipal e o Mosteiro de São Bento apresentam uma arquitetura impressionante em meio ao movimentado centro urbano. Se você procura fazer compras a 25 de Março, o Mercado Municipal e a Santa Efigênia são paradas obrigatórias.

A Avenida Paulista é simplesmente o coração da cidade. Além dos diversos prédios voltados para negócios, podem ser encontrador teatros, cinemas, museus e centros culturais que estão sempre muito movimentados. Não deixe de conferir o MASP (Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand), que possui uma coleção considerada a mais importante do Hemisfério Sul com peças de artistas como Monet, Renoir e Van Gogh presentes no complexo.

Outros bairros que cultivam histórias de imigrantes que vieram ao estado também são atrações. Na Liberdade restaurantes japoneses, galerias com diversos produtos do japão e luminárias típicas estão espalhadas na maioria das ruas do bairro. Outro exemplo é o tradicional bairro do Bixiga, que está situado na região da Bela Vista e foi colonizado por italianos e oferece uma noite bem movimentada nas diversas cantinas italianas que dominam a região.

Na zona Sul o Parque do Ibirapuera atrai todo o tipo de público. Desde os mais esportistas que utilizam as faixas de cooper e a ciclofaixa, ao mais cults, que frequentam a OCA, o Pavilhão das Culturas Brasileiras, o Museu Afro-Brasil, a Fundação Bienal, o MAC, o MAM, entre outros.

O que fazer em São Paulo

Foto: Thiago Leite / Shutterstock

Av. Paulista

A Avenida Paulista concentra diversas opções de passeios. Lojas, shoppings e galerias ganham o coração de quem deseja fazer um turismo voltado a compras, restaurantes das mais variadas culinárias é um prato cheio para os gastronômicos, museus e espaços artísticos oferecem uma ótima experiência para quem deseja conhecer o lado cultural da cidade. Para os baladeiros de plantão dezenas de opções de bares e casas noturnas.

Parque do Ibirapuera

Um belo passeio no pulmão da cidade de São Paulo é uma ótima oportunidade de conhecer diversas atrações da cidade. Além de todo o espaço para atividades ao ar livre o parque também abriga cinco prédios com a assinatura de Oscar Niemeyer: o Pavilhão Cicillo Matarazzo (atual Pavilhão da Bienal de São Paulo), a Oca, a Grande Marquise (onde está situado o Museu de Arte Moderna), Museu de Arte Contemporânea e o Museu Afro Brasil.

Pinacoteca do Estado de São Paulo

A Pinacoteca do Estado de São Paulo recebe diversas exposições renomadas além de um andar inteiro exclusivo do acervo pessoal, que conta com mais de 9 mil obras.

Mosteiro de São Paulo

O Mosteiro que hospedou o papa Bento XVI durante a visita ao Brasil chama atenção com sua arquitetura gótica. Integrado à Basílica onde são realizadas missas diariamente o local também conta com uma padaria com pães e doces preparados por um grupo de monges.

Theatro Municipal De São Paulo

Um dos grandes cartões postais da cidade, o Theatro Municipal foi projetado por Cláudio Rossi e desenhado por Domiziano Rossi.A abertura do espaço proporcionou a capital a integração ao roteiro dos grandes espetáculos.

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand – MASP

Outro ponto bem procurado na cidade está localizado na Avenida Paulista e é um dos mais importantes museus do hemisfério Sul. Está na lista das dez atrações turísticas mais visitadas de São Paulo e, às terças, oferece visita gratuita ao público em geral.

Jardim Botânico de São Paulo

É um dos parques mais aprazíveis de São Paulo e também um dos mais sossegados, são 143 hectares abrigando diversas espécies e vegetais.

Bairro da Liberdade

Bairro que concentra a cultura ocidental tem como atrativo as lojinhas com produtos importados do Japão. Restaurantes com comidas orientais, spas e karaokês também são muito populares no bairro. veja +.

Catedral da Sé

Com capacidade para 8 mil pessoas é a maior construção em estilo neogótico do País. O edifício tem 111m de comprimento e 46m de largura além de duas torres frontais com 97m cada, além de um carrilhão de 92 sinos.

Museu da Imigração

Gratuito aos sábados, o museu preserva a memórias dos imigrantes que chegaram ao Brasil entre o século XIX e XX.

Parque da Independência

O Parque da Independência, inaugurado no final do século 19, é um símbolo marcante na história do Brasil; foi na Colina do Ipiranga, junto ao Riacho do Ipiranga, que D. Pedro I declarou a independência.

Edifício do Banespa

Construído em 1939 e inaugurado em 1947, o edifício Altino Arantes, o Banespão, já foi o maior prédio da capital. Planejado para abrigar o Banco do Estado de São Paulo, ele tem 35 andares e aproximadamente 160 metros de altura. No último andar, os visitantes podem apreciar uma vista de 360º da cidade, depois de subir por dois elevadores e três lances de escada.

Estação da Luz

Idealizada na estética vitoriana, a Estação foi construída sob a supervisão do engenheiro James Ford, com matéria-prima vinda da Inglaterra.

Edifício Martinelli

O Martinelli foi construído em 1924 com a intenção de ser o maior arranha céu da cidade e foi uma grande símbolo de progressão da cidade. 

Outros atrativos turísticos em São Paulo

  • Instituto Tomie Ohtake
  • Parque Villa Lobos
  • Zoológico de São Paulo
  • Museu De Arte Sacra De São Paulo
  • Pateo do Collegio
  • Parque Estadual da Cantareira
  • Memorial da América Latina
  • Parque Burle Marx
  • Mercado Municipal de São Paulo
  • Catavento Cultural e Educacional
  • Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
  • Museu da Língua Portuguesa
  • Museu do Futebol
  • Pinacoteca do Estado de São Paulo
  • Parque Estadual da Cantereira – Núcleo Pedra Grande
  • Instituto Tomie Ohtake
  • Museu da Imagem e do Som
  • Paróquia Nossa Senhora do Brasil
  • Parque Villa Lobos
  • Parque da Independência
  • Museu da Imigração